Seja bem-vindo a nossa igreja.
Acesse nossas redes sociais:

Seja um trabalhador na vinha do Senhor

Seja um trabalhador na vinha do Senhor

A PARÁBOLA DOS TRABALHADORES NA VINHA – Mateus 20.1-16

Essa história retrata um acontecimento comum nos tempos de Jesus: trabalhadores ficavam na praça esperando serem contratados para trabalharem nas lavouras. Eram diaristas que recebiam por jornada de trabalho. Assim, na história que Jesus contou o proprietário da vinha convoca trabalhadores nos diferentes horários do dia. Há muitas lições sobre o Reino de Deus nessa história.

1) Deus está convocando pessoas para trabalharem na sua obra.  Desde o início da história da humanidade, Deus chama pessoas para trabalharem pra Ele, a fim  de que Seus propósitos se cumpram. Deus não faz acepção de pessoas e convoca indiscriminadamente homens, mulheres, jovens, crianças, adolescentes, ricos, pobres, doutores ou pessoas quase sem instrução. Enfim, Deus conta com pessoas para que a Sua obra se cumpra aqui na Terra. Ele é o proprietário da vinha que sai em diferentes horas do dia, procurando trabalhadores.

2) Não importa a que horas você foi chamado Na história que Jesus contou alguns foram chamados no início do dia, outros mais tarde e outros pertinho do fim do dia. Há diferentes significados pra essa parte da história. Um deles é que não há idade pra servir ao Senhor: alguns foram chamados no comecinho da vida, na infância, outros na adolescência, na juventude, na idade adulta ou até já no finalzinho do dia, numa idade mais avançada. Não importa: se você tem estado “na praça”, ou seja, ainda não está empregado no Reino de Deus, há lugar pra você também.

3) O Reino de Deus é um lugar de trabalho. Quando somos chamados para o Reino de Deus, somos chamados para o trabalho. Aliás, sempre que Deus chama alguém, Ele o faz para dar uma missão para essa pessoa. A entrada no Reino é pela graça, mediante a fé em Jesus. Mas o Reino é um lugar de trabalho. Não queira apenas usufruir dos benefícios do Reino sem se envolver, sem trabalhar. A recompensa certamente virá, mas virá para aqueles que verdadeiramente se envolverem na obra.

4) A recompensa é certa. No final da história, os trabalhadores que haviam labutado o dia inteiro se sentem injustiçados porque receberaSeja um trabalhador na vinha do Senhor,m o mesmo salário dos que foram contratados na última hora. Na verdade, a história não nos mostra um Deus injusto, mas um Deus justo e generoso. Ele pagou o combinado aos primeiros trabalhadores e agiu com justiça e generosidade para com os outros. Deus é bom e retribuirá de maneira justa e generosa a todos os que trabalharem pra Ele.

Seja um trabalhador na vinha do Senhor, certamente você será grandemente recompensado.

 

 

0 Comments

Leave Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X